Tratamentos Naturais Gengivas | OrtodontistaCuritiba

Atualizado: 26 de abr.




Todas as dicas naturais apresentadas são eficazes para a melhora do quadro inflamatório e sangrante das gengivas, devendo após a melhora deste quadro interromper as aplicações, visitar o seu dentista e seguir rigorosamente o controle de higiene e cuidados para não haver reincidência do quadro.





BABOSA (ALOE VERA)

Basta esfregar o gel de Aloe Vera nas gengivas e deixe descansar. Faça isso várias vezes até que o problema desapareça.










SUCO DE LIMÃO Esprema o suco do limão e adicione um pouco de sal. Combine o suco de limão e o sal até que tenha aspecto de uma pasta.

Aplique esta pasta sobre a a junção dentes/gengivas por alguns minutos depois faça gargarejo com água.




ÓLEO DE CHÁ Óleo da árvore do chá é um excepcional e eficaz antisséptico natural. Esfregue um pouco de óleo de chá nas gengivas, isto fará melhorar os sintomas da gengivite e a cura.









ÓLEO DE CRAVO


Uma das mais antigas e conhecidas formas de tratamento. Ao fazer a aplicação sobre a junção dente/gengivas, pode haver uma sensação de queimação no início.






ÓLEO DE MOSTARDA Meia colher de chá de óleo de mostarda pura na palma da mão. Com o dedo limpo esfregue o óleo todo a gengiva usando um movimento circular e delicado. Enxágue com água morna. Isto irá aumentar a circulação sanguínea, estimular as gengivas e aliviar a dor. Repetir até desaparecimento dos sintomas.




ÓLEO DE COCO

O óleo de coco é um forte antisséptico, tem também propriedades anti-inflamatórias suaves que podem naturalmente proteger as gengivas da gengivite. Aplique o óleo de coco sobre a junção dente/gengiva massageando circularmente.



BICARBONATO DE SÓDIO

Misture bicarbonato de sódio com água até que se forme uma pasta. Aplique na junção dente/gengiva, deixando a pasta por alguns minutos, em seguida enxágue com água.








IMPORTANTE

Todos os produtos apresentados são naturais mesmo assim, algumas pessoas podem ter reações alérgicas ou irritações, aconselha-se fazer uma aplicação em uma pequena área e aguardar 24 horas, não ocorrendo nenhuma reação adversa aí continuar a utilização.





485 visualizações0 comentário