top of page

É Seguro ir ao Dentista na Pandemia? | OrtodontistaCuritiba

Atualizado: 26 de abr. de 2022


O atendimento odontológico é um ambiente de risco para a disseminação da SARS-Cov-2, uma vez que os dentistas trabalham diretamente face a face com pacientes de boca aberta por longos períodos de tempo.


Mesmo assim, com as precauções estremadas o risco de pacientes contraírem Covid-19 durante as consultas é mínimo.


Protelar os cuidados de rotina é um grande problema de saúde que pode acarretar problemas sistêmicos fora da boca: doença gengival – ligada a outras doenças crônicas como doenças cardíacas.


Quais os riscos do dentista durante um atendimento?


A Covid-19 se espalha através da nuvem de gotículas expelidas conforme as pessoas respiram, falam, tossem e muito mais.


As pessoas podem inalar estas gotículas ou tocar em áreas contaminadas e em seguida esfregar os olhos, nariz ou boca.


Instrumentais comuns aos dentistas, como brocas e aparelhos de ultrassom também podem gerar gotículas em spray, comumente conhecidos como aerossóis, que podem conter vírus infecciosos e podem permanecer no ar por minutos e até horas.


Quando em 2020 as informações sobre o coronavírus eram poucas, a ADA (American Dental Association – EUA) solicitou aos profissionais dentistas que não atendessem procedimentos não emergenciais.


Esta decisão estava baseada no pouco conhecimento sobre a pandemia e na escassez de equipamentos de proteção individuais – EPIs aos profissionais.


A ADA criou uma equipe de especialistas para estudar como proceder com segurança e em junho / 2020 a odontologia de rotina recomeçou a ser praticada em todos os EUA com novas recomendações de segurança.


No Brasil o atendimento odontológico foi considerado atividade essencial desde o início da pandemia desta forma foram aplicados todos os protocolos de segurança visando salvaguardar a saúde tanto dos pacientes quanto dos profissionais.


A falta de EPIs inicialmente foi um grande problema mas a medida que as empresas do setor se adaptaram a nova demanda a oferta de suprimentos normalizou-se.


Devo ir ao dentista se não for uma emergência?


Em geral sim – com algumas exceções.

Atrasar o atendimento odontológico pode representar riscos consideráveis para a saúde a longo prazo.